Pular para o conteúdo

Carrinho

Seu carrinho está vazio

Artigo: HIPERPIGMENTAÇÃO FACIAL: DESVENDANDO OS TIPOS, CAUSAS E TRATAMENTOS ESPECÍFICOS

HIPERPIGMENTAÇÃO FACIAL: DESVENDANDO OS TIPOS, CAUSAS E TRATAMENTOS ESPECÍFICOS

HIPERPIGMENTAÇÃO FACIAL: DESVENDANDO OS TIPOS, CAUSAS E TRATAMENTOS ESPECÍFICOS

A hiperpigmentação facial é uma preocupação comum da pele que afeta pessoas de todas as idades. Neste guia abrangente, exploraremos os diferentes tipos de hiperpigmentação facial, suas causas subjacentes e as opções de tratamento disponíveis.


O que é Hiperpigmentação Facial?

A hiperpigmentação facial é caracterizada pelo escurecimento excessivo de áreas específicas do rosto devido ao aumento na produção de melanina, o pigmento responsável pela cor da pele. Entre os tipos mais comuns de hiperpigmentação facial estão:


  1. Melasma: Manchas escuras, frequentemente irregulares, que surgem em áreas como as bochechas, testa e lábio superior. O melasma está frequentemente associado a flutuações hormonais, como gravidez e uso de contraceptivos hormonais.
  2. Melanose: Manchas escuras, planas e uniformes, muitas vezes causadas pela exposição prolongada ao sol. São comumente referidas como "manchas da idade".
  3. Manchas de Acne: Marcas escuras que podem persistir após a cicatrização de lesões de acne, conhecidas como hiperpigmentação pós-inflamatória.

Ativos Específicos para Clareamento


  • Niacinamida (Vitamina B3): A niacinamida é um ativo versátil e suave que inibe a transferência de melanina para as células da epiderme. É eficaz no clareamento de manchas escuras, incluindo aquelas causadas por melasma, melanose e manchas de acne. Além disso, a niacinamida possui propriedades anti-inflamatórias que podem reduzir a vermelhidão associada à hiperpigmentação.
  • Hexilresorcinol: Este ativo age inibindo a atividade da tirosinase, uma enzima envolvida na produção de melanina. É particularmente eficaz no tratamento do melasma, ajudando a reduzir a aparência das manchas escuras.
  • Alpha Arbutin: O alpha arbutin é um derivado seguro da hidroquinona, conhecido por inibir a produção de melanina. Ele é eficaz no tratamento de vários tipos de hiperpigmentação, incluindo melasma, melanose e manchas de acne.

Cuidados ao Usar Cremes Clareadores com Esses Ativos:

Ao usar cremes clareadores contendo niacinamida, hexilresorcinol ou alpha arbutin, é importante seguir as instruções do produto e ser consistente na aplicação. O uso diário de protetor solar é imprescindível, pois esses ativos podem tornar a pele mais sensível à luz solar, evitando o agravamento da hiperpigmentação.

Deixar comentário

Este site é protegido por reCAPTCHA e a Política de privacidade e os Termos de serviço do Google se aplicam.

LER MAIS

ERROS MAIS COMUNS COMETIDOS NA ROTINA DE SKINCARE
ERROS SKINCARE

ERROS MAIS COMUNS COMETIDOS NA ROTINA DE SKINCARE

Muitos de nós levamos a sério nossa rotina de skincare, e com razão. Cuidar da saúde da pele é essencial para mantê-la vibrante e saudável ao longo do tempo. No entanto, é surpreendentemente fácil ...

Ver mais
O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE ACNE: UM GUIA COM INFORMAÇÕES IMPORTANTES
Acne

O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE ACNE: UM GUIA COM INFORMAÇÕES IMPORTANTES

A acne é uma condição cutânea comum que afeta muitas pessoas em todo o mundo. Ela ocorre quando os folículos pilosos da pele ficam obstruídos com óleo, células mortas da pele e bactérias, levando a...

Ver mais

✔️ Produto adicionado com sucesso.